sábado, 6 de outubro de 2012

   Bom, pessoal perdão por estar fora tanto tempo é que estou tentando arrumar muita bagunça. Um grande abraço a todos que acompanham o blog!
   O lance é o seguinte como estou usando o mySQL para as aulas de JAVA e vou usá-lo também nas aulas de PHP, vou ter que postar algumas coisas de mySQL ao invés do fabuloso postgreSQL.
   Bom o clássico né! Depois de instalar o mySQL saia no prompt, seja no DOS ou no SHELL. Como entrar no mySQL:

mysql -u root -p

   O lance é: -u é a especificação do usuário, qual usuário vai entrar, neste caso é o root (administrador), o -p é a chamada da senha, quando der o comando e pressionar o ENTER ele pedirá a senha, colocou e já era! O resto é resto meu amigo (ou amiga!). Temos que começar em algum lugar, certo? Façamos um banco então!

create database testeBancoDeDados;

   Pronto criou o banco, vamos usá-lo:

use testeBancoDeDados;

   URRRRUUUUUUU! "Tamos" dentro, ok, calma agora vamos fazer uma tabelinha básica, ok?

create table cliente (nome varchar(40), sobrenome (40), idade int);

   OUUUOUUUU!!! Agora temos uma tabela com colunas! A tabela "cliente" tem 3 colunas: nome, sobrenome e idade. Mas o que quer dizer "varchar" e "int". São os tipos de dados armazenados nestas colunas. Varchar por exemplo seria o clássico "string" ou mais comumente conhecido por texto mesmo. O int vem de integer que são número inteiros. Procure na internet os vários tipos que podemos dar para as colunas em nossas tabelas mysql.
   Vamos agora inserir algum dado (valor) em nossa tabela? Vamos:

insert into cliente values ("Leandro","Spanghero",33);

   É eu sei já embaçou tudo! O.o
   "insert into cliente" vou inserir dados na tabela cliente. A inserção segue o raciocínio que foi proposto na criação das colunas na tabela. Partindo dessa premissa temos a sequencia de nome, sobrenome e idade, portanto os valores devem seguir esta sequência. Perceba que os textos tem aspas (") e a idade não tem. Fiquem atento para estes detalhes.
  Ok, vamos dar um "select" só pra ver se inseriu tudo certinho:

select * from cliente;

   E com este encerro por aqui. Se alguém em torrar por estar muito básico vai levar  "uma". Já disse que estou fazendo os posts para quem está começando.

Até a próxima, e vamu que vamu. Deus os abençoe!!!